Finanças e as responsabilidades de quem trabalha com elas na empresa

Adicionado ao carrinho

Carga horária: NaN minuto

Investimento:
R$ 0,000 x R$ 0 sem juros
logo

Adicionado ao carrinho

Carga horária: NaN minuto

Investimento:
R$ 0,000 x R$ 0 sem juros

Finanças

Artigo
Artigo

Finanças e as responsabilidades de quem trabalha com elas na empresa

Perceba a importância de conhecer as práticas e tarefas do setor financeiro dentro do negócio

Publicado em
19/12/2023 18:01

Tempo de
leitura: 6min

CAPA CONTEÚDOS SEBRAE PLAY (5).jpg
Perceba a importância de conhecer as práticas e tarefas do setor financeiro dentro do negócio

Entender a área financeira, o que ela faz e quais são suas responsabilidades não é algo simples.

Afinal, quando falamos em finanças, estamos pensando em uma área muito grande, que executa várias tarefas distintas. Mais importante ainda, o financeiro é aquela área que, na essência, cuida de algo muito importantepara uma empresa: o seu dinheiro.

Além de grande e complexa em termos de possíveis atividades, existe um fator que geralmente complica as coisas: o dinheiro costuma ser escasso - ou pelo menos difícil de se adquirir em abundância, não é mesmo?

É por isso que existe a necessidade de se entender as responsabilidades e funções da área financeira.

Agora, vamos falar exatamente disso. De como funciona o setor que cuida das finanças e de quais são as responsabilidades do profissional do financeiro de uma empresa.


 


Responsabilidades da área de finanças e suas funções

Olhando para suas responsabilidades, precisamos ter clareza que algumas são mais ligadas a tarefas do dia a dia, que têm impacto maior no curto prazo. Outras envolvem um olhar mais amplo e que, consequentemente, acabam tendo desdobramentos no longo prazo.

Vamos então passar por cada uma delas e no que elas implicam no cotidiano das empresas?

Responsabilidades de curto prazo

Primeiro, vamos falar daquelas responsabilidades do curto prazo. Basicamente, elas podem ser entendidas como ligadas à administração do capital de giro da empresa.

E o que é capital de giro?

Esse capital e aquele dinheiro que a empresa possui para manter o negócio girando, funcionando, pagando contas em dia e cuidando para que os recebimentos ocorram. É o que faz tudo acontecer no dia adia.

Nesse sentido, as responsabilidades aqui incluem, por exemplo:

● Gestão das contas a pagar, ao cuidado para que haja fontes de recursos para honrar compromissos;

● Gestão das contas a receber (e, eventualmente, da necessidade de cobranças),

● Concessão de crédito por parte da empresa (o prazo que dou aos meus clientes)

● E também o planejamento financeiro do curto prazo.

Repare que, nessa parte das responsabilidades, constam tarefas mais corriqueiras, como o pagamento de contas, mas também de tarefas que envolvem maior capacidade de análise, como o planejamento.

É fundamental pensar no dia a dia financeiro funcionando bem para que se possa, então, começar a pensar nas responsabilidades com horizonte de longo prazo.

Responsabilidades de longo prazo

Agora fica a próxima pergunta: quais seriam essas responsabilidades de longo prazo? Bom, precisamos entender que aqui se enquadram aquelas decisões cujos desdobramentos podem até impactar o curto prazo, mas irão, principalmente, trazer consequências de prazo mais longo.

Nesse sentido, estamos falando das responsabilidades ligadas a decisões de investimento e financiamento.

Sobre a decisão de investimento, a questão principal que se coloca é: onde investir o dinheiro da empresa?

Em um aumento da capacidade de produção? Na aquisição de máquinas, equipamentos, veículos?

É importante destacar que, uma vez que seja tomada uma decisão de compra de um maquinário, por exemplo, essa decisão (e o próprio maquinário) irá acompanhar por um longo prazo. Viu como essas responsabilidades impactam a longo prazo de verdade?

Boas decisões de investimento agregam à minha lucratividade, enquanto más decisões tiram valor do meu caixa e comprometem minha operação.

Mas aí vem outra pergunta: de onde sairão os recursos para os investimentos? Essa é a decisão de financiamento, ou seja, aquela que remete à forma como uma empresa vai arcar com seus investimentos. Esses recursos poderão vir de diversas fontes, financiamentos de longo prazo ou até mesmo do capital dos sócios (ou mesmo da entrada de novos sócios). Tomada uma decisão de financiamento, ela também irá acompanhar a empresa por um prazo mais longo, daí ser uma responsabilidade de longo prazo. Essas decisões são cercadas de custos, que precisam ser bem analisados para que não ultrapassem o potencial de lucratividade dos investimentos que estou fazendo.

Como você viu até aqui, o departamento financeiro de uma empresa tem responsabilidades que afetam tanto o momento atual quanto anos adiante. Quem trabalha nesse setor tem desafios dos mais variados e com impactos que vão dos menores aos gigantescos.

Por isso é tão importante discutirmos o controle eficaz das tarefas e práticas do setor financeiro. Cuidar para que essas responsabilidades sejam executadas de maneira eficiente é uma missão sobre a qual uma empresa nunca deve perder o foco!

Se ainda houver alguma dúvida fale com um dos nossos especialistas no Atendimento Online, ligue para nossa Central de Atendimento no telefone 0800 570 0800 ou visite o Ponto de Atendimento mais próximo. Conte com o Sebrae!

Publicado em 19/12/2023 18:01

Tempo de leitura: 6min

Autores

Veja outros conteúdos sobre: Finanças
Lines
Central de Atendimento:
0800 570 0800

Copyright 2020 - SEBRAE MINAS

Logo Sebrae PlayLogo Sebrae