Ticket médio: a importância desse indicador e formas de melhorá-lo

Adicionado ao carrinho

Carga horária: NaN minuto

Investimento:
R$ 0,000 x R$ 0 sem juros
logo

Adicionado ao carrinho

Carga horária: NaN minuto

Investimento:
R$ 0,000 x R$ 0 sem juros

Finanças

Artigo
Artigo

Ticket médio: a importância desse indicador e formas de melhorá-lo

Saiba o que é ticket médio e como calculá-lo

Publicado em
11/09/2023 17:32

Tempo de
leitura: 5min

Sebrae Minas - Ticket médio: a importância desse indicador e formas de melhorá-lo
Saiba o que é ticket médio e como calculá-lo

Sua empresa sabe determinar o valor médio das vendas realizadas? Se a resposta é não, que tal aprender o cálculo de ticket médio do seu negócio e, com isso, conseguir mensurar o sucesso do seu empreendimento?

O ticket médio é uma das métricas mais importantes para avaliar o desempenho de um negócio. O indicador serve, também, como referência para implementar mudanças que elevem as receitas de uma empresa.

A seguir, vamos conhecer mais sobre a importância de calcular o ticket médio e apontar estratégias que podem ser adotadas para melhorá-lo.


 
 


 

Ticket médio: o que é?

O ticket médio é um indicador de vendas representado pelo valor médio de vendas por cliente, dentro de um período. Esse cálculo considera o faturamento e o número de vendas realizadas nesse recorte temporal.

Com os resultados obtidos através desse indicador, é possível visualizar dados que podem servir de insights para: tomadas de decisões na área de vendas; conhecer melhor os clientes; e avaliar o mix de produtos e estratégias de atendimento.

Como calcular o ticket médio?

Existem duas maneiras de fazer o cálculo do ticket médio de um negócio. Antes de tudo, é preciso delimitar um período.

Geralmente, o mais indicado é que esse cálculo seja realizado mensalmente, assim, é possível estabelecer comparações mais precisas e determinar quais são os ajustes necessários.

A primeira forma de calcular o ticket médio é dividir o faturamento pelo número de vendas realizadas.

Vamos considerar como exemplo que, ao longo de um mês, o faturamento registrado é de R$ 50 mil e que o número de vendas realizadas no período é 500. Logo, temos:


 
 


 

Para o cálculo do ticket médio, também existe a possibilidade de multiplicar o número médio de itens por venda e o preço médio por item.

A partir disso, suponhamos que o número médio de itens por venda é quatro e o preço médio por item é R$ 25. Então:


 
 


 

Como aumentar o ticket médio?

Os resultados revelados pelo cálculo do ticket médio de um período vão trazer transparência a um negócio sobre as táticas de vendas e escolhas feitas até aquele momento.

Vale lembrar que essa análise deve ser feita considerando o perfil de cada loja ou estabelecimento. Essa realidade é que vai nortear as decisões que devem ser tomadas para melhorar esse indicador.

Há algumas estratégias que podem ser utilizadas para melhorar o ticket médio de um negócio. Vamos conhecer algumas delas:

- Melhore o mix de produtos

Ter uma boa variedade de produtos pode ser um fator decisivo para incrementar os resultados, especialmente considerando o comportamento de boa parte dos clientes, que acaba levando algo a mais do que o item buscado.

Melhorar o mix de produtos de uma loja pode significar uma facilidade para os consumidores, que encontram todos os itens que precisam em um só lugar. A satisfação gerada por esse investimento pode levar as pessoas a gastarem mais.

- Ofereça promoções

Estimular os clientes a comprarem itens mais caros ou aumentar o número de itens por cliente? Eis a questão.

Uma resposta para essa pergunta pode estar no planejamento de promoções. Fazer com que as pessoas se interessem, por exemplo, por levar mais de um item de um mesmo produto é uma forma de elevar o ticket médio, mesmo que você esteja abrindo mão de vender produtos mais caros.

- Faça up selling e cross selling

Essas são duas técnicas de vendas para aumentar o ticket médio. A primeira, o up selling, consiste em oferecer versões melhoradas e/ou atualizadas dos produtos que são adquiridos.

Já o cross selling está relacionado à oferta de produtos que sejam complementares ao item comprado por um cliente.

É importante destacar que o cross selling não é o mesmo que venda casada, uma prática proibida pelo Código de Defesa do Consumidor.

É hora de calcular!

Agora que você já conhece a importância do ticket médio e sabe como melhorá-lo, é hora de fazer os cálculos.

Quer ter acesso a outros conteúdos que vão ajudar a alavancar as vendas do seu negócio? Então, acesse as coleções do “Varejo+”, do Sebrae Minas, no Sebrae Play.

Siga, também, @varejomais.sebrae no Instagram para ter acesso a mais dicas.

Dúvidas? Fale com um de nossos especialistas no Atendimento Online, ligue para nossa Central de Atendimento no telefone 0800 570 0800 ou visite a Agência de Atendimento mais próxima.

Publicado em 11/09/2023 17:32

Tempo de leitura: 5min

Autores

Veja outros itens da coleção: Varejo +
Veja outros conteúdos sobre: Finanças
Lines
Central de Atendimento:
0800 570 0800

Copyright 2020 - SEBRAE MINAS

Logo Sebrae PlayLogo Sebrae