Dívidas do negócio organizadas

Adicionado ao carrinho

Carga horária: NaN minuto

Investimento:
R$ 0,000 x R$ 0 sem juros
logo

Adicionado ao carrinho

Carga horária: NaN minuto

Investimento:
R$ 0,000 x R$ 0 sem juros

Finanças

Artigo
Artigo

Organização de dívidas do negócio

Confira como fazer uma boa gestão e entender as dívidas do negócio

Publicado em
05/06/2024 19:39

Tempo de
leitura: 3min

Sebrae Minas - Organização de dívidas do negócio
Confira como fazer uma boa gestão e entender as dívidas do negócio

Uma empresa quando tem algum pagamento a realizar no futuro está endividada. Como assim? No dicionário, o conceito de dívida é ato ou efeito de dever algo a alguém; obrigação de dar, fazer ou pagar algo (geralmente alguma quantia em dinheiro) a outrem. Ou seja, quando o fornecedor concede um prazo para o pagamento do produto ou matéria-prima adquirida, a empresa está assumindo uma dívida. 

Muitas vezes, são essas dívidas que garantem o funcionamento do negócio. Afinal, a empresa precisa de um tempo para fabricar ou vender o produto e depois receber do cliente, para então honrar os compromissos assumidos.

Isso mostra que ter dívidas não é necessariamente ruim. O que pode prejudicar os negócios é assumir compromissos além da capacidade de pagamento da empresa. Nessa situação, ela caminha para uma posição perigosa, ficar inadimplente. 


 
 


 

O que é inadimplência?

Em poucas palavras, a inadimplência é o descumprimento de alguma obrigação financeira, ou seja, o não pagamento de um valor previsto até a sua data de vencimento. Ficar inadimplente é ainda pior quando a dívida está associada a algum tipo de correção, como taxa de juros e multas por atraso. A cada dia sem pagamento, o valor irá crescer.

Como evitar a inadimplência?

É preciso então, ter um bom controle e organização para evitar a inadimplência. O primeiro passo é fazer um registro de todos os compromissos assumidos. Isso é possível com um bom controle de contas a pagar. Para aqueles que têm um sistema de gestão financeira é necessário fazer o correto lançamento. 

Credor, forma de pagamento, data de vencimento e valor a ser pago, por exemplo, são informações imprescindíveis. Para quem não tem um sistema, uma planilha eletrônica ou até mesmo uma agenda podem ser utilizadas. Na planilha ou agenda, precisam ser registradas as mesmas informações que são inseridas nos sistemas de gestão.

Posteriormente, essas informações serão necessárias para o planejamento financeiro do negócio. Organizar ao longo do tempo os pagamentos que precisarão ser realizados e verificar as condições da empresa em quitar esses compromissos. Tudo isso é possível com a projeção de fluxo de caixa. Fluxo de Caixa é uma ferramenta de gestão financeira que projeta para períodos futuros todas as entradas e as saídas de recursos financeiros na empresa, indicando como será o saldo de caixa para o período projetado.

Afinal, saber de forma antecipada a situação do caixa da empresa permitirá ao empresário buscar alternativas para resolver a situação.  Quanto mais antecedência, maiores serão as possibilidades.

Dúvidas? Fale com um de nossos especialistas no Atendimento Online, ligue para nossa Central de Atendimento no telefone 0800 570 0800 ou visite a Agência de Atendimento mais próxima.

Publicado em 05/06/2024 19:39

Tempo de leitura: 3min

Autores

Veja outros conteúdos sobre: Finanças
Lines
Central de Atendimento:
0800 570 0800

Copyright 2020 - SEBRAE MINAS

Logo Sebrae PlayLogo Sebrae