Logística reversa nos pequeno negócios

Adicionado ao carrinho

Carga horária: NaN minuto

Investimento:
R$ 0,000 x R$ 0 sem juros
logo

Adicionado ao carrinho

Carga horária: NaN minuto

Investimento:
R$ 0,000 x R$ 0 sem juros

Sustentabilidade

Artigo
Artigo

Logística reversa nos pequeno negócios

Saiba como funciona o conceito de logística reversa

Publicado em
21/05/2024 19:39

Tempo de
leitura: 4min

Capa Conteúdos Sebrae Play (6).jpg
Saiba como funciona o conceito de logística reversa

Vivemos em uma sociedade com população e consumo crescentes e que, com o passar do tempo, passou a se preocupar cada vez mais com o destino daquilo que consumimos e os impactos sobre o meio ambiente e sobre o planeta como um todo. O volume de resíduos gerados por aquilo que consumimos é gigantesco e sua destinação é constantemente lembrada como algo que devemos tratar.

O fato é que a logística como um todo evoluiu absurdamente nas últimas décadas, a ponto de conseguirmos, hoje em dia, receber os produtos que compramos com uma velocidade incrível. Bom, se a logística para levar o produto até o consumidor evoluiu, por que não aproveitar para pensar na logística da volta?


 
 


 

O que é a logística reversa?

É exatamente nesse contexto que surge a logística reversa. Para aqueles menos acostumados com o termo, ela é a logística desde o ponto de consumo de volta ao local de origem, ou seja, é a logística do retorno. A ideia desse retorno tanto pode ser para dar novo uso ao produto (via reciclagem, por exemplo) ou mesmo para o descarte apropriado. Exemplos de produtos que precisam podem ser contemplados pela logística reversa não faltam. Produtos eletrônicos, embalagens dos mais diversos tipos, cápsulas de café, entre outros, são apenas alguns dos muitos exemplos.

A logística reversa pode ocorrer dentro da lógica do pós-venda ou pós-consumo. No pós-venda, a função é dar tratamento a falhas no pedido, problemas de qualidade, produtos danificados, com o intuito de refazer, consertar ou reciclar para devolver ao consumidor em condições de uso. Já no pós-consumo, a essência do que é transportado é o produto já consumido, que irá para o descarte ou para a reciclagem.

Quais os benefícios da logística reversa?

Além dos benefícios claros ligados a questões ambientais, a logística reversa pode ser muito útil na redução de custos das empresas, principalmente se permite a ter acesso a matérias-primas que seriam descartadas e que serão reaproveitadas. Também pode trazer o benefício de uma melhor imagem de seu negócio perante os clientes. Apesar de todos esses fatores a favor do processo de logística reversa, devemos nos atentar para alguns pontos antes de implantar esse conceito em pequenos negócios.

Um desses pontos diz respeito a ter novos centros de armazenamento e coleta daquilo que irá retornar. A gestão de todo o processo também é um ponto crucial e sua eficiência poderá determinar o sucesso ou fracasso do processo de logística reversa. Por fim, parcerias firmadas e com obrigações claras com os responsáveis pela logística também devem ser estabelecidas, de forma a não aumentar o custo para as empresas.

E você, já tinha pensado na utilização desse tipo de conceito em seu negócio? Se não, Que tal começar?

Dúvidas? Conte com o Sebrae! Fale com um de nossos especialistas no Atendimento Online, ligue para nossa Central de Atendimento no telefone 0800 570 0800 ou visite a Agência de Atendimento mais próxima.

Publicado em 21/05/2024 19:39

Tempo de leitura: 4min

Autores

Veja outros conteúdos sobre: Sustentabilidade
Lines
Central de Atendimento:
0800 570 0800

Copyright 2020 - SEBRAE MINAS

Logo Sebrae PlayLogo Sebrae