Sebrae Play | Guia de marketplaces: descubra a melhor opção para o seu negócio?

Adicionado ao carrinho


Investimento:
R$ 0,000 x R$ 0 sem juros
logo

Adicionado ao carrinho


Investimento:
R$ 0,000 x R$ 0 sem juros

Marketing Digital

Artigo
Artigo

Guia de marketplaces: descubra a melhor opção para o seu negócio?

Entenda o que são os marketplaces e como aproveitar os principais benefícios desta plataforma

Publicado em
05/09/2023 20:02

Tempo de
leitura: 10min

Sebrae Minas - Guia de marketplaces: descubra a melhor opção para o seu negócio?
Entenda o que são os marketplaces e como aproveitar os principais benefícios desta plataforma

Você já ouviu falar em marketplaces?

Esse termo pode até parecer estranho e você pode não compreender o que significa, mas saiba que é uma grande oportunidade para quem quer vender pela internet!

Empresas de todos os tamanhos podem aproveitar dos benefícios do marketplace e começar a vender online sem precisar criar a sua própria loja virtual do zero.

E se você quer entender melhor o que são marketplaces, como eles podem beneficiar o seu negócio e escolher a melhor opção para a sua estratégia digital, esse guia foi feito para você.

Vamos lá!

O que é um marketplace?

Marketplace é uma palavra que você pode não reconhecer, mas certamente já ouviu falar ou talvez tenha até comprado em um. Market, no inglês, significa mercado. Place significa lugar. O marketplace, então, se trata de um lugar para fazer compras na internet.

Na prática, marketplaces são grandes lojas online onde vários vendedores, ou empresas, diferentes oferecem seus produtos. Essas plataformas funcionam como mediadoras entre as duas partes interessadas em fazer negócio: os lojistas e os consumidores finais.

Os marketplaces, então, hospedam várias lojas em um único lugar e, em troca, cobram uma comissão pelas vendas que forem realizadas.


 


Exemplos de marketplaces

Ainda não entendeu o que pode ser um marketplace? Não se preocupe: vamos te mostrar alguns exemplos agora.

Grandes lojas, como o Mercado Livre, surgiram nesse formato e foram responsáveis por fazer com que os marketplaces se tornassem cada vez mais populares. Shopee, OLX, Enjoei e Elo7 são algumas empresas que sempre funcionaram nesse formato.

Outras grandes marcas fizeram um caminho diferente. Antes, eram responsáveis por todas as vendas e entregas dos produtos vendidos em seus sites. Agora, adotaram o modelo de marketplaces e, em um único lugar, você encontra produtos de vários vendedores. Alguns exemplos são Americanas, Amazon, Magazine Luiza, Casas Bahia, Centauro e Submarino, entre outros!

Além disso, alguns apps muito conhecidos do dia a dia também são marketplaces. É o caso do iFood, Rappi, 99 Food e demais aplicativos que unem vários restaurantes e outros estabelecimentos comerciais em um único lugar.

Quais as vantagens dos marketplaces?

Vamos ajudar você a entender se um marketplace vale a pena para o seu negócio.

Alguns dos benefícios potenciais de vender nesse modelo estão resumidos abaixo:

● fornece uma plataforma de vendas com estrutura pronta, que possibilita começar a vender online sem grandes investimentos iniciais para a construção de uma loja virtual própria;

● a plataforma oferece custos de marketing reduzidos em comparação com outros canais de vendas, já que toda a operação já existe;

● permite novas oportunidades para vendas em outras cidades e estados;

● eles são populares entre os clientes e oferecem uma maneira conveniente de comparar preços e produtos de uma única fonte;

● fazer parte de uma loja conhecida e estabelecida no mercado fornece um nível de confiança entre você e o cliente;

● oferecem oportunidades para estabelecer novas parcerias comerciais com comerciantes e fornecedores, contando com grandes nomes do mercado para ajudar você a crescer;

● eles proporcionam maior transparência para o cliente - disponibilidade, preços e níveis de estoque dos produtos são acessíveis em um ambiente aberto

● é possível operar 24 horas por dia - restrições de tempo em razão do horário comercial não são um problema;

● caso você já tenha uma loja virtual, os marketplaces podem funcionar como um poderoso canal de apoio, já que as plataformas contam com grande audiência.

Cuidados antes de escolher um marketplace

As vantagens de oferecer seus produtos em um marketplace são várias, mas nem tudo é simples na hora de escolher um, ok?

É preciso ter cuidado para fazer a escolha certa. Veja a seguir o que você precisa fazer antes de contratar um marketplace:

Leia os termos atentamente

As lojas online podem impor termos e condições específicas sobre como você pode se comunicar com os clientes.

Dessa forma, você poderá usar o espaço para vender, mas sua marca deverá seguir regras sobre atendimento ao cliente, comunicação e informações sobre os produtos que precisam constar nas páginas de vendas, dentre outras.

Saiba onde seu público está

É muito fácil assumir que todo mundo compra na Amazon ou na Americanas, mas será que o seu público, aquele que compra o produto que você vende, realmente navega por esses marketplaces?

Antes de usar uma plataforma como essa para oferecer seus produtos, use todo o seu conhecimento sobre seu público-alvo: eles buscam o seu produto online e têm o hábito de comprar em lojas como essas?

De nada adianta usar uma vitrine que seu cliente ideal não verá.

Atenção para o frete e entrega

Um passo importante para quem quer vender no marketplace é entender como funciona a logística e o frete nesses canais.

Geralmente as maiores plataformas de marketplaces consolidadas no mercado possuem serviços de logística integrados.

Nestes casos, o vendedor fica responsável por configurar uma tabela com as faixas de CEPs (correspondente a área de entrega da loja virtual), o peso e as dimensões das mercadorias. Dessa forma, o cliente consegue calcular o frete automaticamente na página do produto.

Conheça as taxas e planos

Cada marketplace tem um custo diferente para os lojistas.

Esses custos variam de acordo com uma série de fatores, uma vez que cada marketplace adota uma forma de cobrar pela parceria. Há aqueles que cobram por venda, os que oferecem preços de planos mensais e muito mais.

Você precisa ter atenção aos custos do marketplace para fazer uma precificação competitiva e adequada, garantindo resultados positivos para seu negócio.

Quanto custa vender em um marketplace?

Para ajudar você a fazer a melhor escolha, veja algumas dicas sobre como funciona vender em alguns dos principais marketplaces do Brasil:

Amazon

A Amazon é um dos meios mais rápidos para começar a vender seus produtos pela Internet. Para isso, existem algumas opções diferentes de contratação.

Você pode optar por pagar por item vendido ou um valor mensal. Em ambos os planos também será cobrada uma comissão referente a cada venda, que é uma porcentagem do valor total, e que varia dependendo da categoria do produto.

Saiba mais sobre os requisitos para vender na amazon, preços e tudo que você precisa para usar esse marketplace.

Americanas.com

A Americanas.com faz parte do B2W Marketplace. Também integram esse grupo o Shoptime, Submarino e Sou Barato.

Com uma comissão única sobre as vendas, o marketplace é uma boa vitrine pelo grande tráfego que as lojas online da marca atraem.

Conheça como funciona o cadastro, as vantagens e condições para vender na Americanas.

Magazine Luiza

Assim como na Americanas, a comissão do Magazine Luiza é calculada a partir de cada venda.

O marketplace é bastante conhecido e oferece vários serviços integrados, como entregas realizadas pela Magalu e suporte para que os lojistas aprendam mais sobre marketing e vendas, entre outras vantagens.

Veja como funciona o cadastro e como vender pelo Magalu.

Mercado Livre

Conhecido como o maior marketplace da América Latina, o Mercado Livre é uma boa opção para quem quer começar a vender online, oferecendo uma série de opções para quem quer anunciar seus produtos.

Existem diferentes taxas de comissão e condições especiais para segmentos diferentes de produtos.

Anunciar um produto no Mercado Livre é grátis, sempre, mas existem várias regras. Em alguns tipos de anúncio, por exemplo, você pagará uma tarifa ao vender, dependendo da categoria do produto.

Conheça o processo de como vender no Mercado Livre e as regras para cada segmento de produto.

Guia de marketplaces do Sebrae: como escolher o melhor para seu negócio

Para que não haja nenhuma dúvida na hora de encontrar o marketplace certo para você, o Sebrae tem a solução ideal!

O Guia de Marketplaces é uma ferramenta digital onde você responde poucas perguntas e descobre as melhores opções em marketplace para vender seus produtos ou serviços.

Preencha as informações sobre a operação da sua empresa e veja rapidamente os marketplaces mais indicados para o seu tipo de negócio. Esse pode ser o pontapé inicial certo para encontrar o marketplace ideal para você, mas lembre-se: é fundamental se atentar a todas as informações, regras e taxas antes de vender em qualquer plataforma!

Conheça o Guia de Marketplaces!

Conheça o Sebrae! Entre em contato e fale com um de nossos especialistas no Atendimento Online, ligue para nossa Central de Atendimento no telefone 0800 570 0800 ou visite a Agência de Atendimento mais próxima.

Publicado em 05/09/2023 20:02

Tempo de leitura: 10min

Autores

Veja outros conteúdos sobre: Marketing Digital
Lines
Central de Atendimento:
0800 570 0800

Copyright 2020 - SEBRAE MINAS

Logo Sebrae PlayLogo Sebrae