Sebrae Play | Gerenciamento de obra: reduz custos e aumenta eficiência

Adicionado ao carrinho


Investimento:
R$ 0,000 x R$ 0 sem juros
logo

Adicionado ao carrinho


Investimento:
R$ 0,000 x R$ 0 sem juros

Estratégia e Gestão

Artigo
Artigo

Gerenciamento de obra: reduz custos e aumenta eficiência

Saiba o que é o gerenciamento de obra

Publicado em
02/08/2023 20:18

Tempo de
leitura: 8min

Sebrae Minas - Gerenciamento de obra: reduz custos e aumenta eficiência
Saiba o que é o gerenciamento de obra

Um projeto de construção civil envolve muitos processos e instrumentos para que seja entregue e atenda todas as exigências. É comum que vários desses procedimentos aconteçam simultaneamente e, por isso, a gestão tem um papel fundamental nessa jornada.

Uma das ferramentas que pode ser utilizada para orientar e trazer mais eficiência a um projeto é o gerenciamento de obra, tema de um dos cursos oferecidos pelo Sebrae Minas. Mas, você sabe como esse conhecimento pode ser útil para a execução de uma obra? É isso o que veremos a partir de agora.


 
 


 

Gerenciamento de obra: o que é?

O gerenciamento de obra é uma ferramenta da construção civil utilizada ao longo de todo o ciclo de vida de um projeto. Através dela, é possível estabelecer um foco e combinar conhecimentos, habilidades e técnicas para gerir toda a cadeia de produção de uma obra.

Útil tanto nas fases burocráticas quanto nas práticas, o gerenciamento de obra possibilita que os objetivos estabelecidos pelo projeto sejam alcançados no que se refere a:      

  • Escopo      
  • Cronograma      
  • Custos      
  • Riscos      
  • Aquisições      
  • Recursos      
  • Qualidade      
  • Integração

Processos

Pelo fato de envolver diferentes etapas de uma obra, o gerenciamento exige do profissional responsável o conhecimento sobre todos os processos.

Nesse caso, a função de gestor deve ser exercida por um profissional completo, que equilibre competências técnicas e de liderança.

Entre as atribuições do responsável pelo gerenciamento de uma obra, estão:   

  • Contratação e treinamento de mão de obra   
  • Zelo pela segurança no trabalho   
  • Coordenação de profissionais e etapas   
  • Realização de fiscalizações   
  • Cumprimento de orçamento e cronogramas   
  • Garantia da execução fiel do projeto   
  • Ditar e verificar o ritmo da obra   
  • Escolher materiais e acabamentos, comprar e acompanhar a utilização do material

Etapas

O gerenciamento de obra é organizado em cinco etapas, que devem ser seguidas independente do tipo de projeto. São elas:

1.Iniciação

A primeira etapa estabelece o foco que deve ser seguido em todo a cadeia de produção do projeto.

As atividades que envolvem a etapa de iniciação devem considerar informações relacionadas a viabilidade técnica, demanda, recursos, impactos e retorno do projeto.

Essa etapa precisa produzir respostas para questões fundamentais para o andamento da obra, como:   

  • Qual a descrição do escopo?   
  • Qual a duração do projeto?   
  • Quais recursos serão necessários?   
  • Quem são as partes interessadas?   
  • Quais são os riscos?   
  • Quem vai ser o responsável pelo gerenciamento da obra?

2. Planejamento

Após a inicialização, a etapa seguinte é o planejamento, que deve resultar na elaboração e aprovação de um plano de gerenciamento de obra.

O plano é usado para orientar a execução e o controle do projeto, documentando, para isso, as bases da obra no que se refere a escopo, cronograma e custos.

3- Execução

A execução é a etapa em que ocorre o gerenciamento na prática, depois de todo o planejamento realizado.

Nesse momento, tudo aquilo que foi definido nas fases anteriores deve guiar a gestão dos processos.

O profissional responsável pelo gerenciamento da obra também fica responsável por avaliar eventuais mudanças e correções que possam aparecer.

4- Monitoramento e controle

Cabe ao profissional responsável pela gestão, também, medir o progresso e analisar o desempenho para garantir que os objetivos sejam alcançados.

O gerenciamento garante a verificação adequada de que todo o planejamento está sendo executado ou se há necessidade fazer adequações.

É importante destacar que a fase de monitoramento e controle ocorre em paralelo à execução.

5- Encerramento

A etapa final do gerenciamento de uma obra corresponde à formalização do encerramento e aceitação do projeto.

A fase de encerramento torna evidente a relevância da aplicação correta de conhecimentos, instrumentos e técnicas envolvidos no curso de uma obra.


 
 


 

Quais os benefícios do gerenciamento de obras?

O gerenciamento de obra é responsável por uma série de benefícios, entre os quais podemos destacar:

Controle de estoque

A falta de materiais é algo que pode provocar atrasos e prejudicar outros processos em uma obra. Uma gestão eficiente garante o controle do estoque e o ritmo de execução de um projeto.

O gerenciamento também permite evitar desperdício de materiais, o que poderia causar prejuízos ao orçamento.

Execução fiel

Um dos piores pesadelos de quem trabalha na construção civil é constatar que uma obra não está de acordo com o projeto.

O monitoramento realizado pelo gestor da obra existe exatamente para garantir que não haja erros na execução de um projeto, que deve ser fiel ao que foi planejado.

Redução de custos

O gerenciamento traz, ainda, como benefício a redução de custos para uma obra, reduzindo os efeitos de imprevistos e permitindo o cumprimento do orçamento.

Problemas como atrasos, falta de materiais ou de mão de obra especializada podem causar custos extras a uma obra quando não há uma gestão eficiente.

Antecipação de problemas

Problemas são, muitas vezes, inevitáveis. Mas, com o gerenciamento de obra, é possível reduzi-los ou minimizar os efeitos deles.

A utilização da ferramenta permite a um gestor antecipar-se aos problemas, indicando, inclusive, possíveis soluções caso sejam constatados e tornando os processos mais eficientes.

Aumento da produtividade

Aumentar a produtividade de uma obra também é uma característica do gerenciamento, uma vez que ele garante os requisitos básicos para a execução de um projeto.

Por isso, o gerenciamento também assume a função de uma estratégia produtiva e que zela pelo cumprimento de todos os processos.

Construção Enxuta (Lean Construction)

Um exemplo de prática que tem relação com o gerenciamento de obra é a Construção Enxuta, também conhecida como Lean Construction.

A Construção Enxuta é uma filosofia de produção que tem o objetivo de melhorar processos, otimizar tempo e economizar materiais.

Alinhada ao gerenciamento de obra, essa prática previne situações prejudiciais e identifica possíveis prejuízos em um projeto.

No Brasil, por exemplo, a Construtora MRV passou a adotar a filosofia e observou ganhos de 15% em eficiência e de até 10% na redução de prazos.

Busca por conhecimento

Agora que já vimos as características e a importância do gerenciamento de obra, é hora de buscar ou aperfeiçoar o conhecimento sobre essa ferramenta. O Sebrae Minas possui um curso sobre o tema e que vai contribuir com o sucesso de um negócio no setor da construção civil. Acesse e saiba mais.

Dúvidas? Fale com um de nossos especialistas no Atendimento Online, ligue para nossa Central de Atendimento no telefone 0800 570 0800 ou visite a Agência de Atendimento mais próxima.

Publicado em 02/08/2023 20:18

Tempo de leitura: 8min

Autores

Veja outros conteúdos sobre: Estratégia e Gestão
Lines
Central de Atendimento:
0800 570 0800

Copyright 2020 - SEBRAE MINAS

Logo Sebrae PlayLogo Sebrae