Sebrae Play | Franquia, startup ou negócio tradicional: qual é o melhor?

Adicionado ao carrinho


Investimento:
R$ 0,000 x R$ 0 sem juros
logo

Adicionado ao carrinho


Investimento:
R$ 0,000 x R$ 0 sem juros

Empreendedorismo

Artigo
Artigo

Franquia, startup ou negócio tradicional: qual é o melhor?

Conheça melhor os modelos de negócio e qual melhor se adequada a forma que deseja empreender

Publicado em
13/09/2023 18:24

Tempo de
leitura: 11min

Sebrae Minas - Franquia, startup ou negócio tradicional: qual é o melhor?
Conheça melhor os modelos de negócio e qual melhor se adequada a forma que deseja empreender

O dia a dia de um empreendedor é marcado por uma série de escolhas. Algumas delas são mais corriqueiras, como escolher entre um ou outro fornecedor, por exemplo. Outras, são decisivas e acontecem desde o primeiro momento em que desperta a veia empreendedora.

Uma dessas decisões que precisam ser tomadas logo de cara pelo empreendedor diz respeito ao modelo de negócio. Afinal, que tipo de empresa você pretende abrir? Qual o melhor modelo para empreender?

Neste artigo nós vamos discutir as diferenças entre as três categorias de modelos de negócio que muitos conhecem mas ainda podem deixar muitas dúvidas. Franquias, startup ou empresa tradicional - quais as diferenças e qual é a melhor opção de empreendedorismo?


 


Franquia, startup ou negócio tradicional: qual é o melhor?

Antes de falarmos sobre as diferenças entre franquia, startup e empresa tradicional, vamos reforçar um ponto importante: É importante conhecer a fundo as três categorias para escolher o modelo de negócio certo para você.

Um dos primeiros passos para empreender é relacionar seu propósito à ideia que você tem de negócio. O que você espera alcançar com um empreendimento? Vá além do sucesso pessoal e do lucro para traçar o seu plano inicial.

Com seu propósito em mente, você vai conhecer - a seguir - os principais modelos de negócio para seu futuro empreendimento. Veja mais sobre as franquias, as startups e, claro, as empresas tradicionais. Além de conhecer os conceitos, explore com a gente as vantagens e desafios de cada modelo.

Como funciona uma franquia?

Esse modelo de negócio é caracterizado existência de um contrato, no qual uma empresa, detentora de uma marca (franqueador), utiliza o sistema de franquias para expandir seus negócios, concedendo a outros (franqueados) o direito de uso e de exploração comercial de sua marca.

Para reproduzir corretamente o modelo e se beneficiar de um negócio experimentado e bem-sucedido, o franqueado deverá receber orientação para a instalação e a operação da unidade franqueada.

Assim, o franqueado trabalha mantendo o padrão exigido e remunerando a franqueadora pela concessão dos direitos e pela transferência desses conhecimentos.

Quais as vantagens e desafios de abrir uma franquia?

Maiores chances de sucesso - uma franquia é um modelo de negócio já estabelecido. Ao apostar nessa modalidade, o empreendedor está investindo em algo que comprovadamente já deu certo para outros.

Suporte da franqueadora - as franqueadoras fornecem amplo suporte aos franqueados. Essa ajuda pode vir na forma de treinamentos, suprimentos e até marketing. Assim, cabe ao franqueado executar o plano a partir desse suporte.

Marketing em larga escala - Muitas marcas de franquia têm presença e reconhecimento nacional. O empreendimento já começa com uma marca bem estabelecida e com reputação no mercado.

Menos liberdade e personalização - Ao se tornar um franqueado, você deve obedecer às regras do franqueador e cumprir os termos do seu contrato de licenciamento. Você não pode mexer em coisas como os produtos que você carrega, a decoração da sua loja e os uniformes que os funcionários usam. Com uma franquia, você tem menos espaço para inovar e personalizar seu negócio.

O que é startup? Como funciona na prática?

Uma Startup é uma empresa fundada para desenvolver um produto ou serviço único, colocá-lo no mercado e torná-lo um sucesso em um prazo acelerado.

Desde que o termo surgiu, em meados dos anos 90, as startups estão enraizadas na inovação. Elas costumam agir sobre lacunas identificadas em produtos existentes ou criando categorias totalmente novas de bens e serviços.

É dessa forma que as startups se tornaram famosas, especialmente usando a tecnologia, por serem disruptoras em seus respectivos mercados.

De forma geral, uma startup funciona como qualquer outra empresa. Um grupo de profissionais trabalha para criar um produto que os clientes comprem. O que distingue uma startup de outras empresas, no entanto, é a maneira como esse trabalho acontece.

As empresas tradicionais, assim como as franquias, atuam em moldes que já foram feitos antes. O proprietário de um restaurante em potencial pode franquear um restaurante existente. Ou seja, eles funcionam a partir de um modelo existente de como uma empresa deve funcionar. Outro empreendedor pode criar um novo restaurante para concorrer com os outros que já existem na sua região.

Uma startup, por outro lado, visa criar um modelo totalmente novo. Na indústria de alimentos, isso pode significar oferecer kits de refeição, como algumas startups que vendem ingredientes selecionados e porcionados para que você cozinhe em casa. É com esse modelo, que transforma seu mercado, que a startup chama atenção e consegue resultados impressionantes com inovação.

Isso também aponta para outro fator-chave que distingue as startups de outras empresas: velocidade e crescimento. As startups visam desenvolver ideias muito rapidamente. Eles geralmente fazem isso por meio de um processo chamado iteração, no qual aprimoram continuamente os produtos por meio de feedback e dados de uso. Muitas vezes, uma startup começará com um rascunho básico de um produto chamado produto mínimo viável (MVP), que será testado e revisado até que esteja pronto para ir ao mercado.

O MVP faz parte do ciclo de aprendizagem padrão nas startups. Geralmente elas nascem de uma ideia e passam para a etapa de construção do produto. Em seguida, usando especialmente de metodologias ágeis, as startups ganham tração para mensurar os resultados do seu produto no mercado. Esse ciclo, então, se fecha com o aprendizado que os dados coletados geraram. A partir dessa inteligência (e com a devida agilidade), a startup consegue crescer e se tornar rentável.

Vantagens de desafios de fundar uma startup

Inovação - A startup, como você leu até aqui, é um ótimo canal líder para expor ideias inovadoras e torná-las realidade. Assim, fica muito mais fácil se destacar no seu mercado.

Resultados rápidos - Depois de tirar uma startup do papel, os resultados nesse modelo de negócio costumam vir rapidamente. Unindo inovação e tecnologia a um modelo de negócio que foca em agilidade, startups são mais aceleradas em todos os aspectos.

Liberdade para gerenciar - Mais importante para muitos empreendedores iniciantes, construir seu próprio negócio o torna o chefe de todas as maneiras possíveis. Essa é a beleza de ser autônomo. Você toma todas as decisões. Você define sua programação. Você toca o seu empreendimento da forma que melhor combinar com você.

Sucesso não garantido - Este é provavelmente o principal motivo pelo qual as pessoas evitam iniciar seu próprio negócio: é arriscado. Você tem que apostar um investimento em você mesmo, em sua ideia, no mercado, etc., sem um roteiro ou sucessos anteriores com os quais contar para obter ajuda ou ideias.

Investimento - Startups podem ter um preço alto, custando dinheiro e tempo valioso. Como você está construindo um negócio do zero, provavelmente precisará investir mais do seu tempo para garantir que tudo corra de acordo com o planejado. Além disso, dependendo do negócio escolhido e de quaisquer custos de construção do produto, produção ou equipamento necessários, seu investimento inicial pode acabar muito alto.

Empresa tradicional: vale a pena abrir?

Empresas tradicionais se mantêm ao longo do tempo pelo motivo mais simples possível: elas dão certo.

Um negócio tradicional nasce de necessidades e de oportunidades, ao contrário de startups que costumam nascer de novas ideias ou tecnologias e franquias que surgem da conveniência de um modelo já estabelecido. O que o empreendedor mais tradicional faz, na prática, é entrar em um mercado que existe como uma nova opção.

Isso não impede que empresas tradicionais sejam inovadoras, lucrativas e fortemente ligadas à tecnologia. O que difere da startup é a forma como o negócio surge e é conduzido.

Quais as vantagens e desafios dos negócios tradicionais?

Mercado e demanda existentes - Negócios tradicionais dão certo por nascerem em mercados existentes e suprirem necessidades que os clientes já têm. Mesmo em mercados mais competitivos, sempre haverá a chance de atrair consumidores com essa demanda que já existe.

Menor risco - Assim como na vantagem acima, um benefício claro das empresas tradicionais é o risco menor que se corre ao empreender. Isso faz com que esse modelo de negócio seja ideal para quem não lidaria tão bem com problemas e prejuízos.

Independência e crescimento - Começar seu próprio negócio é uma ótima maneira de quebrar a monotonia de um trabalho como funcionário de outras empresas. Uma empresa tradicional criada por você mesmo ajuda a garantir liberdade profissional com potencial ilimitado.

Menor crescimento ao longo do tempo - Ao contrário de modelos de negócios mais ágeis, empresas tradicionais podem demorar mais a crescer. Esse é o preço de apostar em algo mais seguro: menor risco significa menor chance de ser recompensado mais rapidamente e de forma mais grandiosa.

Agora que você conhece os principais modelos de negócio para empreender, que tal colocar a mão na massa? Se você chegou até aqui, temos certeza de que você está mais próximo de tirar sua ideia de negócio do papel certo? E caso não esteja se sentindo pronto, fale com a gente!

Dúvidas? Fale com um de nossos especialistas no Atendimento Online, ligue para nossa Central de Atendimento no telefone 0800 570 0800 ou visite a Agência de Atendimento mais próxima.

Publicado em 13/09/2023 18:24

Tempo de leitura: 11min

Autores

Veja outros conteúdos sobre: Empreendedorismo
Lines
Central de Atendimento:
0800 570 0800

Copyright 2020 - SEBRAE MINAS

Logo Sebrae PlayLogo Sebrae