Sebrae Play | Dicas estratégicas para ter uma comunicação eficaz

Adicionado ao carrinho


Investimento:
R$ 0,000 x R$ 0 sem juros
logo

Adicionado ao carrinho


Investimento:
R$ 0,000 x R$ 0 sem juros

Estratégia e Gestão

Artigo
Artigo

Dicas estratégicas para ter uma comunicação eficaz

Entenda os princípios de uma comunicação pessoal e profissional eficaz

Publicado em
03/01/2024 16:39

Tempo de
leitura: 8min

Sebrae Minas - Dicas estratégicas para ter uma comunicação eficaz
Entenda os princípios de uma comunicação pessoal e profissional eficaz

Contar com uma comunicação eficaz é essencial tanto na vida pessoal quanto na profissional. Ela é a chave para se expressar de maneira concisa e eficiente. Ao contrário do que muitos pensam, "falar bem" em público e se fazer entender de forma clara não é intuitivo. Para se posicionar de forma assertiva, é preciso ter estratégia.

A boa comunicação é uma habilidade essencial, principalmente se você tem um negócio ou lida diretamente com clientes. Se este for o seu caso, continue a leitura deste artigo, entenda mais sobre o tema e aplique as estratégias na sua empresa e na vida pessoal. Bora ver!

Qual a importância de uma comunicação eficaz?

Uma boa comunicação é crucial para desenvolver relacionamentos saudáveis e duradouros. Quando as pessoas conseguem se comunicar corretamente, é mais fácil resolver conflitos, demonstrar emoções e sentimentos, estabelecer limites e construir conexões significativas.

Já na vida profissional, a comunicação eficaz é uma habilidade fundamental para o sucesso em qualquer carreira ou para desenvolver seu próprio negócio. Por meio dela, é possível transmitir ideias e informações importantes, colaborar com colegas de trabalho, liderar equipes, resolver problemas e tomar decisões relevantes.

Além disso, uma boa interlocução também é essencial para estabelecer uma reputação positiva no mercado de trabalho. As pessoas que conseguem se comunicar com clareza e eficácia, geralmente são vistas como mais confiáveis, respeitáveis e competentes, seja por colegas, clientes ou empregadores.


 
 


 

Qual a diferença entre comunicação e oratória?

Como já falamos, vamos abordar um pouco mais sobre estratégias de comunicação para alavancar a sua vida profissional e pessoal. Elas podem te ajudar muito no dia a dia e, para que você saiba como usá-las, queremos começar com algumas definições. Vamos lá?

Comunicação é a troca de informações, ideias e mensagens entre duas ou mais pessoas. Ela pode ser verbal ou não verbal, e ocorre em diferentes contextos e situações. A comunicação eficaz envolve a expressão de pensamentos, emoções, necessidades e desejos, bem como a escuta ativa e a compreensão das mensagens recebidas.

Já a oratória é uma forma específica de comunicação verbal, que envolve a habilidade de falar em público de forma clara, persuasiva e envolvente. Inclui a escolha adequada de palavras, a utilização de técnicas de expressão corporal e vocal, a adaptação da mensagem ao público-alvo e a construção de argumentos convincentes. A oratória é uma competência importante em diversas áreas profissionais, incluindo liderança, vendas, política, educação e entretenimento.

Agora que já entendemos as definições principais da comunicação, vamos falar mais sobre os seus fundamentos?

Quais são os princípios da comunicação?

A comunicação verbal é a troca de informações por meio de palavras faladas ou escritas. Ela envolve a utilização da linguagem, incluindo o vocabulário, a gramática, a pronúncia e a entonação. Este tipo de comunicação pode ocorrer em diferentes contextos, incluindo conversas pessoais, reuniões de trabalho, apresentações e palestras.

Por sua vez, a comunicação não verbal é a troca de informações sem o uso de palavras. Ela envolve a utilização da expressão corporal, da linguagem gestual, do contato visual, da postura e das expressões faciais. Esta forma de interação pode transmitir inúmeras mensagens sobre as emoções, a personalidade, a atitude e as intenções.

É importante lembrar que a comunicação verbal e não verbal estão frequentemente interconectadas e podem influenciar uma à outra. Por exemplo, o tom de voz e a expressão facial podem interferir no significado de uma mensagem verbal, enquanto o uso de gestos pode complementar ou contradizer o que está sendo dito.

Segundo Lívia Horta, mentora, professora e transformadora na área de comunicação e oratória,  para ter uma comunicação eficaz, você precisa de estratégia. Ela cita um trecho do livro "A Arte da Guerra" em que Sun Tzu diz que "Se você conhece o inimigo e conhece a si mesmo, não precisa temer o resultado de cem batalhas. Se você se conhece, mas não conhece o inimigo, para cada vitória ganha sofrerá também uma derrota. Se você não conhece nem o inimigo, nem a si mesmo, perderá todas as batalhas."

Ao não usar a comunicação estratégica, você pode perder oportunidades de crescimento, de ganhos financeiros, de fechamentos de negócios, de decolar na carreira ou ser aprovado em uma entrevista de emprego.


 
 


 

Como é a arte da boa comunicação?

Agora que você conhece os conceitos e fundamentos da comunicação, é hora de falarmos de retórica, um segundo fator que também é muito importante e altamente estratégico.

A Retórica de Aristóteles é uma obra clássica sobre a arte da argumentação e persuasão. Escrita por volta de 350 a.C., apresenta uma análise detalhada dos elementos que compõem um discurso eficaz e oferece orientações sobre como construir e apresentar informações de forma convincente.

Aristóteles define a retórica como a “habilidade de descobrir os meios de persuasão disponíveis”. Ele a divide em três tipos de argumentos: ethos, pathos e logos.

Ethos

Ethos refere-se à credibilidade, confiança e autoridade do orador. Esse tipo de argumento busca persuadir o público, a partir da confiança e do respeito que ele tem pelo interlocutor. O ethos pode ser construído por meio da experiência, do conhecimento e da reputação.

Pathos

Pathos está ligado às emoções e sentimentos do público. Essa estratégia busca persuadir a partir de suas sensações e afetividades, apelando para esperanças, medos, alegrias e tristezas. O pathos pode ser desenvolvido por meio de histórias emocionantes, exemplos vívidos e imagens poderosas.

Logos

Já o Logos diz respeito à lógica, razão e evidência. Ele busca persuadir o público a partir da força dos argumentos apresentados, demonstrando que as conclusões são lógicas e baseadas em evidências confiáveis. O logos pode ser criado com dados estatísticos, argumentos dedutivos ou indutivos e comparações.

A retórica, aliada a comunicação verbal e não verbal, é o ponto-chave para encantar, convencer e se comunicar bem.

E para ter sucesso em uma apresentação em público, além do domínio nas estratégias de comunicação eficaz, é preciso estar bem preparado. Portanto, treine, estude e simule na frente do espelho para se sentir pronto, confiante, e claro, montar um discurso de impacto.

Como vimos, a comunicação constrói ou destrói negócios e relacionamentos. Nós falamos aqui sobre alguns conceitos estratégicos e fundamentos que podem te ajudar a se desenvolver, quando se trata de transmitir as mensagens de forma correta e eficaz.

Mas se ainda precisar de ajuda sobre comunicação eficaz para entender como falar, escrever ou se colocar melhor, não deixe de conferir no Sebrae Play mais conteúdos para aprimoramento de suas habilidades pessoais.

Publicado em 03/01/2024 16:39

Tempo de leitura: 8min

Autores

Veja outros conteúdos sobre: Estratégia e Gestão
Lines
Central de Atendimento:
0800 570 0800

Copyright 2020 - SEBRAE MINAS

Logo Sebrae PlayLogo Sebrae