Sebrae Play | Custo da entrega própria ou terceirizada

Adicionado ao carrinho


Investimento:
R$ 0,000 x R$ 0 sem juros
logo

Adicionado ao carrinho


Investimento:
R$ 0,000 x R$ 0 sem juros

Finanças

Artigo
Artigo

Custo da entrega própria ou terceirizada

O que é melhor, custo da entrega própria ou terceirizada no processo de logística?

Publicado em
21/08/2023 14:30

Tempo de
leitura: 4min

Sebrae Minas - Custo da entrega própria ou terceirizada
O que é melhor, custo da entrega própria ou terceirizada no processo de logística?

De nada adianta cuidar com carinho do produto, da armazenagem, das vendas, se não olhamos também com o mesmo cuidado para o processo de logística, que faz com que o produto esteja disponível ao meu cliente. Temos que entender que a lógica da decisão de estocagem deve ser expandida. Aqui vale o conceito de cadeia, que diz que tenho que garantir qualidade até o produto estar disponível para uso nas mãos do meu cliente.

Normalmente, podemos até pensar que qualidade envolve durabilidade, beleza, sabor, entre outros atributos, mas não podemos esquecer que a pontualidade interfere na percepção de qualidade do meu cliente. Vale a regra de vender o produto certo, no momento certo e no local certo.


 
 


 

Como cuidar das entregas do meu negócio?

Vale a pena manter uma entrega própria e cuidar de tudo até a mercadoria estar nas mãos do cliente ou terceirizar a entrega? Esse tipo de questionamento vale para uma grande indústria que entrega produtos em pontos diferentes da cidade, estado ou país ou até mesmo um pequeno negócio, um restaurante, por exemplo, que precisa fazer sua comida chegar até o cliente.

Por trás dessa decisão, precisa-se levar em conta os fundamentos de uma terceirização. Quando vale a pena terceirizar? Quais as vantagens? Os defensores da terceirização vão dizer que um dos principais benefícios é focar no que realmente importa, naquilo que sei fazer (e, geralmente, isso não é entregar, mas sim produzir e vender um determinado tipo de produto).

Assim, entregar nas mãos de alguém mais especializado aliviaria minhas preocupações com a logística e traria o benefício de deixar com que eu me preocupe de fato com a essência do meu negócio. Há também, em muitos casos, a vantagem da redução de custos.

E se decidir manter a entrega em minhas mãos? Aí as vantagens passam por possuir maior controle da operação e a não dependência de terceiros.

Mas, no fundo, a questão fundamental envolve custos. Consigo manter a entrega em minhas mãos, mesmo não sendo minha expertise principal e ainda fazer com melhor custo? Então pode se considerar ter logística própria. Mas lembrando que manter a entrega envolve não apenas cuidar da operação logística, pagar salários de funcionários e combustível, mas também investimentos na aquisição de veículos e custos ligados à manutenção, seguros, entre outros.

No caso de optar pela terceirização, deve-se entender a empresa entregadora como um parceiro estratégico, uma extensão da sua empresa até o cliente. Por isso, a pesquisa de bons fornecedores é fundamental.

Lembre-se do que foi dito antes: a percepção de qualidade que seu cliente terá não depende apenas do produto, mas de todas as etapas até que o produto esteja em suas mãos.

Então, conseguiu entender melhor sobre o processo de logística? Acompanhe as novidades do Sebrae! Qualquer dúvida entre em contato no Atendimento Online, ligue para nossa Central de Atendimento no telefone 0800 570 0800 ou visite a Agência de Atendimento mais próxima.

Publicado em 21/08/2023 14:30

Tempo de leitura: 4min

Autores

Veja outros conteúdos sobre: Finanças
Lines
Central de Atendimento:
0800 570 0800

Copyright 2020 - SEBRAE MINAS

Logo Sebrae PlayLogo Sebrae