Controle de estoque eficiente

Adicionado ao carrinho

Carga horária: NaN minuto

Investimento:
R$ 0,000 x R$ 0 sem juros
logo

Adicionado ao carrinho

Carga horária: NaN minuto

Investimento:
R$ 0,000 x R$ 0 sem juros

Estratégia e Gestão

Artigo
Artigo

Controle de estoques: entradas e saídas

Confira a importância de realizar um controle de estoque eficiente

Publicado em
17/06/2024 20:55

Tempo de
leitura: 4min

Capa Conteúdos Sebrae Play (4).jpg
Confira a importância de realizar um controle de estoque eficiente

Ouvimos por diversas vezes afirmações sobre estoques do tipo: “estoque é dinheiro empatado” ou “estoque bom é estoque cheio”. Por parecerem contraditórias, ficamos pensando, afinal, quem tem razão?... e o problema é que os dois lados podem estar certos! Vamos tentar entender o porquê. 


 
 


 

Qual o nível ideial de estoque?

É verdade que, por um lado, não queremos que um cliente chegue em nossa loja e não encontre o produto que procura ou mesmo que a produção tenha que parar pela falta de um determinado item. Mas, por outro lado, também é certo que não é agradável olhar para a prateleira e ver o estoque cheio, enquanto o caixa está vazio. E aí surgem as dúvidas sobre o nível ideal de estoque a ser mantido e sobre o quanto ou quando comprar.

Primeiramente, deve-se entender que estoque é um dos itens mais importantes do capital de giro de uma empresa. Fica fácil perceber isso pois, sem ele, dificilmente, teremos o negócio “girando”, ou seja, as vendas acontecendo e trazendo receitas.

Como preparar o estoque para as vendas?

A grande questão é que a decisão de estocagem, em muitas vezes, antecede as vendas. São várias as situações em que se precisa comprar algo (mercadoria ou insumo) de seu fornecedor para, só depois, realizar a venda (isso se ela ocorrer!). E é nesse ponto que erros podem acontecer. Quanto espero vender no próximo Natal? Quantos calçados do tamanho 38 da cor azul vou vender no mês? Qual a proporção de vendas de alimentos e bebidas em meu restaurante? Responder a perguntas como essas irá ajudar a estimar de maneira mais eficaz o nível desejado de estoque para cada produto ou para cada momento do ano.

Contudo, antever a demanda levando em conta vendas históricas, sazonalidade, concorrência, crises econômicas, entre outros fatores que alteram a procura por nossos produtos é, de fato, um desafio. Daí a importância de um controle eficaz de entradas e saídas, seja por dia, por produto, por cliente... Pode-se dizer que é justamente de um bom registro histórico de entradas e saídas que se iniciará uma boa gestão de compras e estoques. 

É desse ponto que começa o conhecimento dos números, daquilo que vende mais, do produto que não tem tanta aceitação por parte de seu cliente, do quanto manter como estoque de segurança, do momento certo de se realizar uma compra (também conhecido como ponto de pedido).

Vendas altas e mesmo assim continua sem dinheiro? 

Pode ser que tenha comprado demais e aquele produto que continua lá na prateleira esteja prejudicando seu caixa. Tem percebido demanda para um produto, mas há tempos que não tem em sua prateleira? Talvez tenha comprado uma quantidade insuficiente.

Para evitar situações assim, o controle efetivo de suas entradas e saídas tende a contribuir naquele que se torna um dos grandes objetivos da gestão: encontrar o difícil equilíbrio entre comprar não menos do que o suficiente visando não faltar produtos e não mais do que o necessário para evitar corroer o caixa. Já tinha parado para pensar que seu estoque pode ser herói ou vilão de sua empresa?

Dúvidas? Fale com um de nossos especialistas no Atendimento Online, ligue para nossa Central de Atendimento no telefone 0800 570 0800 ou visite a Agência de Atendimento mais próxima.

Publicado em 17/06/2024 20:55

Tempo de leitura: 4min

Autores

Veja outros conteúdos sobre: Estratégia e Gestão
Lines
Central de Atendimento:
0800 570 0800

Copyright 2020 - SEBRAE MINAS

Logo Sebrae PlayLogo Sebrae